Vendas da Cisco crescem 7,9% no ano fiscal 2011, lucros baixam

Publicado em 13/08/2011 00:06 em Empresas

O volume de negócios da líder de soluções e equipamentos de rede Cisco cresceu 7,9% no ano fiscal de 2011 (terminado a 31 de Julho), para 43 218 milhões de dólares (30 309 milhões de euros), anunciou a companhia.

Em comunicado de resultados, a Cisco indica que as vendas de produtos cresceram 6,5%, para 34 626 milhões de dólares (24 283 milhões de euros) e as receitas de serviços aumentaram 14,1% para 8 692 milhões de dólares (6 096 milhões de euros).

Os lucros da empresa baixaram 16,4%, para 6 490 milhões de dólares (4 551 milhões de euros), no ano fiscal 2011 e os resultados operacionais recuaram 16,3%, para 7 674 milhões de dólares (5 382 milhões de euros).

John Chambers, presidente e CEO da Cisco, citado no comunicado, garante que a companhia fez «progressos significativos» no seu plano de acção visando o crescimento e a rentabilidade.

A Cisco anunciou em Julho que pretende reduzir 9% dos seus efectivos, num total de 6 500, no âmbito desse plano de acção.

Ainda sem comentários